O que há por detrás de um olhar

Será que assim como eu, um dia sonhaste com a louca aventura de embarcar neste amor, imersos num mundo particular, mundo o qual eu mesma arquitetei. Embarcar na nossa fuga da realidade, vivendo os dias como se aquele amor arquitetado por mim tivesse prazo de validade. Nós dois entre as quatro paredes daquele pequeno apartamento, penso que insano seria se momentos desses não fossem tão únicos, se não fossem mera fantasia da minha cabeça tola e da minha mania boba de depositar em você todas as minhas expectativas de um amor idealizado.

Entenda, meu bem, amores assim não acontecem mais de uma vez na vida. Mas afinal, o que você deve entender se este amor foi apenas uma paranoia minha? Paranoia que você nutriu ora me amando, ora me odiando, ora sorrindo, ora me fazendo chorar. Quem sabe um dia eu o tenha comigo, mas não, não meu bem. Não quero que fique! Não quero tê-lo novamente como meu! Meu coração se tornou egoísta depois que habitado por você, se for para retornar, saiba que não será para fazer dele sua morada, meu egoísmo me protege de reviver antigas decepções e sendo assim, meu bem, te quero apenas para trazer a boa sensação de borboletas no estômago. Você sabe muito bem que minha natureza nada poética não quer ter a sorte de um amor tranquilo, prefiro viver intensamente a insensatez dos nossos dias contados.

Sempre que ouvia as suas músicas favoritas, especialmente a trilha sonora dos nossos mais intensos beijos e noites de amor, pensava se seria aquele o nosso último beijo, se seria aquela a nossa última noite. Me deixava entristecida pensar que poderia nunca mais apreciar aqueles lindos olhos carregados com mistério, mistério que me trouxe a você. E é aquele olhar que desperta até hoje lembranças suas, lembranças cheias de saudades. Que sábia estratégia de amar essa de se esconder atrás do seu mistério, de usá-lo como escudo. Quisera eu ter algo para me defender do amor, me defender de você. O tempo talvez tenha sido injusto, talvez eu tenha arquitetado um amor com fortes tendências ao fracasso, ou talvez eu deva, meu bem, me desculpar por não ser tão boa em solucionar mistérios como sou em me apaixonar.

Aline Koga e Stephani Andrade

Anúncios

3 comentários sobre “O que há por detrás de um olhar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s